Arquivo | Casamento Civil RSS feed for this section

As Burocracias de um Casamento

28 fev

Planejar o casamento é uma delícia, né? A parte dos Proclamas, então, maravilhosa! Só que ao contrário. Gente, é tanta burocracia, que eu juro que pensei em largar tudo e casar num barco em Atlantic City com o capitão celebrando. Mas brincadeiras à parte, é realmente um saquinho!  Eu estou fazendo tudo em cima da hora, pois não tive ninguém para me orientar, por isso vou escrever aqui uma espécie de tutorial para ajudar as noivinhas que, assim como eu, não tinham ideia do que fazer.

Espero ajudar as de todas as religiões na parte  Civil, mas, na parte religiosa, vou falar sobre o Casamento Católico, que é o que eu tenho conhecimento.

Primeiramente, faltam 6 meses para o seu casamento? Great! Então já dê entrada no pedido do batistério e faça o curso de noivos! O certificado de batismo que você tem em casa não serve, ele precisa ser atualizado e tem 6 meses de validade. Como fazer isso? Fácil. Vá a Paróquia que voce foi batizada (o) e peça  pelo batistério PARA FINS MATRIMONIAIS, isso deve estar escrito no documento, a secretária da igreja vai saber (I hope so).

“Mas meu noivo ou eu fomos batizados no Acre? Vou ter que ir na igreja de lá?” Vai. Ou não. Se você não tiver parentes ou amigos morando lá , ou vai ter que visitar a sua terra natal ou tentar contatos pelo telefone com a Paróquia  do seu batismo. Pode ser, sim, que você encontre uma secretária super gente boa que te mande o batistério por SEDEX, ou até mesmo a sua atual Paróquia pode entrar em contato requisitando documento. A Paróquia do Pedro fica no Rio de Janeiro, mas, graças a Deus, os avós dele ainda moram lá e vão pegar pra gente (em cima da hora, aos 45 do segundo tempo, culpada confesso).

Quanto ao curso de noivos, eu e Pedro tivemos que achar um horário que coincidisse com um final de semana dele aqui, isso nunca acontecia. Já estávamos desesperados, quando descobrimos o curso de noivos da Paróquia  São José, em Taguatinga Norte. Acho que mais que sorte, foi  uma benção de Deus. O curso é MARAVILHOSO, praticamente um Encontro. Quem é Católico sabe do que estou falando. As palestras são um algo a mais, a experiência dos casais, o momento de partilha… Foi maravilhoso! O pessoal é ótimo  e eu recomendo a todos. Liguem na secretaria e perguntem pelo próximo, acho que é em dois meses. Vale muito a pena!

Feito isso, faltando mais ou menos 60 dias para o casamento, comece a dar entrada nos Proclamas. Mesmo que você não case  na sua Paróquia de origem, a dos arredores de onde você mora, mesmo assim, a entrada nos Proclamas deve ser dada nela. Lá, você conseguirá a transferência para a Paróquia onde vai se casar. Os documentos necessários são: batistérios, cópia das identidades, cópia do Casamento Civil, certificado do curso de noivos, comprovante de residência  e dados de um dos casais de padrinhos.

A minha dica é: vão levando todos os documentos que tiverem, para que o processo de proclamas já se inicie, porque o Casamento Civil (que vou falar sobre já já), leva de 30 a 35 dias para ser concluído. O Proclamas, documento que contém informações dos noivos e do casamento, vai ficar afixado na parede da sua Paróquia de origem por três domingos, mas a transferência você só vai poder pegar depois que levar a cópia do Casamento Civil. Ah, se o noivo mora em outra cidade, ele tem de levar um pedido de Proclamas para a Paróquia dele, que deve ficar afixado também por três domingos e depois mandado de volta para a sua paróquia ou vice-versa (SANTO SEDEX!), depende de qual cidade vocês escolheram para se casar, da sua ou a dele.

A entrada para o Casamento Civil deve ser feita uns 60 dias antes do Casamento Religioso. Basta levar a Xérox das identidades e as Certidões de Nascimento originais. Eu e Pedro demos entrada no pedido de Casamento Religioso com efeito Civil. Não são todas as igrejas que fazem, mas se a sua faz, eu acho que facilita muito a vida! Só o fato de vocês não terem de voltar para se casar no cartório e enfrentar aquela fila de espera interminável, ainda mais no nosso caso, morando em cidades diferentes, já é meio caminho andado. Basta ligar na secretaria da Paróquia que vão te informar. O preço é um pouquinho mais caro, mas, mesmo assim, vale a pena. A gente pagou R$145,00 por tudo. Na verdade, o Pedro pagou mais R$90,00, pois teve de levar uma declaração  para um cartório em São Paulo para dar entrada nos proclamas do Civil de lá também. (SANTO SEDEX 2)

Feito isso, é só aguardar o prazo de 30 dias, levar o comprovante na igreja e pegar a transferência. Ufa! Coisa demais! ACHO que não esqueci nada e espero ter ajudado alguém. Se  perceberem algo que eu tenha esquecido, por favor, me avisem.

Ah, lembrando que essas informações são para noivos solteiros e a Arquidiocese que exige tudo isso é a daqui de Brasília.

=)