Arquivo | janeiro, 2011

Pose for the camera now flick and flick

29 jan

A minha saga da fotografia começou na internet e se estendeu pelo Fest Noivas e pelo Fashion Noivas também. Na internet descobri o Monjardim Noleto. Me apaixonei pelas fotos, achei tudo de muito bom gosto, sou leiga, né? Pra mim tava perfeito! O orçamento INICIAL não era nenhum absurdo e eu bati o pé que queria eles. O noivo entende bastante de fotografia, fez publicidade, pode não ser fotógrafo, mas sabe muita coisa e ele não queria muito o Monjardim Noleto, coisas dele, opinião dele. Eu comecei a desanimar por causa dele e desanimei ainda mais quando o preço subiu mais de 50% no último orçamento (OUCH!). Mas não deixo de achar as fotos lindas e super profissionais.

No Fest Noivas e Fashion Noivas, conheci outros profissionais, pesquisei bastante, olhei as fotos que mais gostei, pedi orçamento e selecionei apenas dois fotógrafos para pedir orçamento pessoalmente.

Eu e Pedro fomos no Casa Foto segunda-feira. A Mônica foi bastante simpática e explicou com detalhes como funciona o trabalho dela. As fotos são apaixonantes! Achei delicadas, vi que eles captam bem os  momentos. O preço não é absurdo quanto o de alguns fotógrafos tão bons quanto eles, mas também não é muito barato. O pacote com algumas coisas, não tão básico, mas não completo como eu queria, tem um preço justo e tudo, mas ainda achei um pouco salgado pelo que oferece e pelo o que nós queremos gastar, mas, DE NOVO, as fotos são LINDAS. Eu e Pedro teríamos total condições de pagar, até porque eles facilitam o pagamento,  e até consideramos fazer um esforcinho aqui e ali, mas ficamos um pouco receosos.

Vamos nos casar na Capela São Francisco de Assis, a agenda só abre em Julho, queremos fechar fotografia antes disso, mas queremos que o fotógrafo PELO MENOS não cobre multa se tivermos que mudar a data (NÃO VAI ACONTECER, SE DEUS QUISER!  hhaaha). Tudo bem nos adequarmos a alguma data que o fotógrafo tenha disponível, perto da nossa de preferência, mas cobrar multa, não dá, né? A Mônica não falou nem que sim, nem que não, quando tocamos no assunto, mas deu pra perceber que ela não tem toda essa flexibilidade. Até porque, eles têm uma agenda bem cheia, né? Mas, enfim, lindas fotos, atendimento 10 e preço normal, um pouco acima do NOSSO esperado. Aí vai um dos ensaios de que mais gosto, no balão do aeroporto, onde eu e Pedro queremos fazer uma parte, por motivos óbvios hahaha.

No Fest Noivas eu conheci o trabalho do Willington. Estava com a minha tia e nós ADORAMOS um dos álbuns que vimos. A moça que nos atendeu, que depois mais tarde descobrimos ser a esposa dele, foi super atenciosa e explicou tudo super bem. Deu uma média de preço e eu, particularmente, gostei. Achei as fotos muito lindas e o preço bacana, daí adicionei o Willington na minha lista de favoritos. Depois de irmos ao Casa Foto, fomos ao escritório dele que também fica em Taguatinga. Aliás, tenho encontrado mais profissionais que satisfazem as minhas buscas  em taguatinga que no plano. Enfim.

O Willington é uma cara super legal. Gostamos muito do atendimento. Ele é aberto a opiniões e faz as fotos do jeito que VOCÊ quer. Ouviu bastante a gente, aceitou nossas sugestões, entendeu direitinho o que a gente queria. Além disso, ele é super flexível! Falamos sobre a São Francisco e ele, com um jeito super tranquilo, algo que também nos passou confiança, disse que tudo bem, que só tínhamos que avisar pelo menos uns 90 dias antes (mais que suficiente) e que encontraríamos juntos uma data. Pronto. Era o que faltava para decidirmos que vamos fechar com ele. As fotos são lindas! Simples, têm uma essência diferente, posso dizer que ele tem um olhar diferente também. Deu pra perceber que ele GOSTA MUITO do que faz, não faz disso só um emprego, mas não deixa de ser bem profissional.

O preço foi muito bom! Nada tão barato que dê pra desconfiar e nada tão caro para nos extorquir. O pacote COMPLETO, com tudo que eu quero, veio com um preço beeem atrativo. E a forma de pagamento também é facilitada. Essas pequenas coisas nos fizeram tomar nossa decisão e não nos arrepender. Não escolhemos ninguém famosérrimo, mas ele é conhecido e tem referências. Além disso, o trabalho é ótimo. Vale a pena conferir meninas! Minhas fotos preferidas com o estilo que quero são:

Mais fotos no site dele, que já coloquei acima, e também no orkut.

Anúncios

Amor eternn

26 jan

O final de semana passado, a segunda-feira e o restinho da terça-feira foram maravilhosos! É, meu amor veio me visitar… Eba! Delícia! Então, além de matar as saudades, decidimos várias coisas e agimos muito também. O primeiro post vai para, como disse o meu amor, o nosso primeiro item [ok] na nossa check list. Compramos nossas alianças! Perfeitas, do jeito que queríamos e com uma história fofa por trás. Adoro isso…

Adquirimos nossas alianças, da marca Eternn,  na Pedrart.  Claro que rodamos o domingo  e a segunda toooodos atrás de alianças, mas não adiantou nada, gostamos de cara das da Pedrart e acabamos comprando lá mesmo (aliás, eu e Pedro somos assim, se gostamos de algo de primeira é difícil tirar a ideia da cabeça, pesquisamos só por desencargo de consciência). Quem nos atendeu lá foi a Maíra, que foi muito gentil, solícita e explicou tudo direitinho. O que nos chamou mais atenção, além da beleza das alianças, foram todas as garantias oferecidas pela marca. Se, a qualquer tempo, quisermos trocá-las, eles as compram de volta pelo mesmo valor que compramos e não pelo valor do ouro, e só temos que completar o valor das novas. Isso foi realmente BEM interessante! Além disso, se a aliança precisar de manutenção, polimento etc, eles não cobram nada. Se precisar ser diminuída, caso a gente emagreça (tipo eu que quero emagrecer 10 kg até o casamento cof cof), eles não diminuem ou remendam as alianças, simplesmente nos dão uma nova, de menor tamanho, só que do mesmo jeito. Ou seja, assistência total.

E pra finalizar, a historinha por trás das alianças também é muito fofa. Cada aliança que os fabricantes dessa marca fazem tem uma história por trás, algumas pedras tem certas representações. É só ir em algum representante e pedir o encarte da Eternn, que vocês encontram as histórias de cada aliança. A nossa é a convencional, mas tem uma pedrinha de rubi cravejada na parte interna, aliás, todas têm, eles dizem que escolheram essa pedra porque é a pedra do amor. Ai ai, lindo, né?

Aqui vai uma amostra da nossa linda aliança:

Salão e Decoração (Ih, rimou!)

22 jan


Como disse, hoje comecei a organizar meu casamento de novo. Eu estou (ou estava) em dúvida entre dois lugares Espaço Catetinho e Solar Uberaba. Hoje fui ao Espaço Catetinho pra conversar com a Kelly, proprietária. Como sempre, fui super bem recebida. A Kelly é um amor, disposta a negociar e a fazer tudo pra você fazer o casamento lá. Eu amo a Capela São Francisco de Assis e só a possibilidade de achar um lugar bem legal pra fazer a festa lá, perto da Capela, já me deixa super empolgada. Gostei do cardápio do buffet, muito variado e muito elogiado (AINDA não fiz a degustação, mas só de olhar a descrição dá água na boca). Fiz a opção por coquetel e mini-empratados e gostei bastante do orçamento final, que inclui várias coisas, na verdade, quase tudo, só falta a decoração. E por falar em decoração…

Se eu fizer o meu casamento no Espaço Catetinho, já que o Uberaba já tem decoração própria, muito linda por sinal, eu posso dizer que já tenho minha decoradora, simples assim. Não, não quero mais ver nenhum orçamento, não quero mais falar com ninguém. Sabe quando você acha alguém que te entende e pode fazer o casamento dos seus sonhos sem te extorquir? Pois é… A Patrícia da Primavera Flores e Decoração é assim. Quando eu cheguei, já fiquei encantada com a doçura da Patrícia. Um amor, delicada, prestativa e, principalmente, dá pra ver que é apaixonada pelo que faz e, por isso, faz tudo muito bem feito. Eu nunca tinha ouvido falar da Primavera, foi por indicação do Espaço Catetinho que soube dela. Antes, eu só sabia dos decoradores famosos e dos preços absurdos. Sim, as decoração são lindas, não nego, mas nenhuma ainda tinha me chamado tanta atenção, nenhuma tinha me tocado tanto quanto o trabalho da Patrícia. É um trabalho delicado, preciso, feito com muito cuidado e dá pra ver o quanto ela entende de flores e de harmonia das cores. Pegou o que eu queria em um instante, descreveu melhor do que ninguém a decoração dos meus sonhos, e o melhor de tudo isso, com um preço que cabe no meu bolso, nada exorbitante e nada nem tão barato que a gente chegue a desconfiar da qualidade do trabalho.

Enfim, saí de lá apaixonada pela decoração e pela decoradora também. Minha decoração, ou melhor, meu orçamento, inclui tablado, parede falsa com estampa, lounges, arranjos altos intercalados com arranjos baixos, armários para bem casados,  souplats e outras coisas, menos as mesas e cadeiras, que jã são do Espaço Catetinho. Falei das cores que eu queria: tons de nude, rosa-bebê, champagne, pastel etc, algo bem delicado e que se pareça comigo e com o noivo (amor, não to te chamando de fresco-que-gosta-de-cor-de-mulher, mas é que você é tão lindo quanto essas cores são pra mim, por isso tem a ver com a gente hahaha boa, né?). As flores eu e a Patrícia escolhemos juntas e eram exatamente as que eu queria: Lisianthus, Rosas Spray, Flores de Aster e etc. (Aliás, aprendi MUITO sobre flores com esse orçamento, quase uma expert!). Adoro lírios, mas assim como eu pensava, o exagero deles pode comprometer a festa, já que essas flores são MUITO cheirosas. A Patrícia disse que, inclusive, isso pode atrapalhar o paladar dos convidados, já que como sabemos, olfato e paladar estão muito próximos. Ela disse que, antigamente, os reis costumavam fazer festas com MUITAS flores, e percebeu-se, com o tempo, que os lugares que tinham mais flores eram onde as pessoas menos comiam. Huh, cultura, hein?

Enfim, estou muito feliz com o dia de hoje e estou cada vez mais próxima da minha decisão. Amanhã vou ao Espaço Uberaba, para uma degustação, e assim que tiver o local definido, o blog será o primeiro a saber.

Happy Bride!

21 jan

Depois de 50 anos sem escrever no blog (oi, meu nome é exagero), estou de volta. Me formo esse mês (calendário louco da UnB) e tava fazendo provas e trabalhos que nem uma louca. Continuei lendo sobre casamentos, claro, mas muito sem tempo pra escrever no blog. Não que eu tenha me esquecido dele, muito pelo contrário, não me esqueci nem um dia, mas como não estava mais visitando nada ou vendo orçamentos, e também estava sem tempo pra pesquisar coisas legais pra colocar aqui, preferi deixar ele meio aposentado.

Mas hoje, FINALMENTE, já no fim das minhas férias, voltei a organizar meu casamento que agora já é ano que vem (yes!). Por falar nisso, esse tempo de férias foi bem legal, pois várias coisas foram pensadas, repensadas e decididas. Minhas duas tias vieram passar uns dias aqui em casa e falamos muito sobre casamento. Pra quem não sabe, tenho três mães,  fui criada pelas minhas três tias e a minha avó. Adoro essa minha família feminina e prendada! Achamos várias coisas que vamos fazer juntas, como já havia dito, tenho uma tia boleira e doceira e outra artesã. Sim, isso significa muita economia no casamento. Tudo bem, eu tenho sorte de  elas serem profissionais, mas têm coisas que nós mesmas podemos fazer com a ajuda da mãe, do noivo, da cunhada, da tia etc. E tudo pode ficar lindo e bem feito! Um casamento não precisa ser feito apenas contratando os profissionais mais famosos. Às vezes, menos é mais. Fazer um casamento com nossa cara pode ser muito mais gostoso.

Bem, dentre algumas resoluções, decidimos fazer os doces da festa. Eu estava preocupada em sobrecarregar minha tia boleira, já que ela vai ser madrinha, mas ela é tão profissional que decidimos que vamos fazer (sim, nós,  eu vou atacar de doceira e vou ajudar a montar ALGUMAS COISAS) os doces da festa. A trufa dela é deliciosa e ela faz doces lindos, então, por que não? Para não sobrecarregá-la, vou encomendar os bem-casados com outra pessoa, já que ela já vai fazer o bolo, os doces e os mini-bolos (Jesus!). A minha tia artesã me deu várias ideias de lembrancinha, e, depois de pensar muito, optamos por fazer aquelas caixinhas lindinhas, que já mostrei aqui uma vez, para botar os bem-casados dentro. Além de sair mais barato, já que as pessoas cobram bem mais caro para fazer os bem-casados embrulhados daquele jeitinho lindinho, tenho certeza que vai ficar mara. Também decidimos fazer os porta guardanapos de pérolas e outras miçanguinhas (fica lindo!). Enfim, aos poucos estamos planejando e o casamento está ficando com cara de casamento. E o melhor, dos meus sonhos, do jeitinho que eu quero. Sou uma noiva feliz! =D