Arquivo | outubro, 2010

Solar Uberaba

31 out

Eu nem esperava visitar o Solar Uberaba, porque nunca tinha ouvido falar de lá. Mas há alguns dias atrás, entrei na comunidade Noivas de Brasília e uma das noivas estava falando sobre o salão. Mandei um e-mail, como de praxe, e recebi o orçamento. Gostei bastante, achei super em conta. O buffet, exclusivo, parecia interessante e o salão e a decoração, pelas fotos, pareciam normais.

Mostrei para o Pedro, ele gostou bastante da decoração e disse que poderia valer a pena visitar o salão. Coincidentemente, recebi um convite deles por e-mail para uma visita ao salão decorado, já que aconteceria um casamento lá no domingo, 31-10. Liguei lá e desde já, a Iara foi MUITO atenciosa, me explicou direitinho onde ficava, Quadra 03 do Park Way, na subida para o Núcleo Bandeirante. Fui lá com minha tia-mãe e chegamos sem dificuldade.

Apesar da chuva, deu pra perceber que a parte externa do salão é bem lindinha. Mas ao entrarmos, pela primeira vez, depois de visitar tantos salões, me arrepiei. A decoração estava LINDA, exatamento do jeito que eu quero; tons de amarelo, pêssego e branco. Os detalhes pequenos que fazem a diferença: tubos de ensaio pendurados com rosas (nunca tinha visto, mas é LINDO!), mesa dos noivos colocada separadamente, do lado da mesa do bolo, pratarias novinhas, mobília limpinha e bem disposta. Enfim, tudo muito delicado, simples e bonito, exatamente como eu e Pedro queremos.

O salão não é ENOOOORME, ainda mais que o casamento que aconteceu hoje era com cerimônia também, o que diminui ainda mais o espaço. Mas é mais do que suficiente para 200 e pouco convidados, que é exatamente a quantidade que temos. Gostei também, porque achei o salão acolhedor e muito bem dividido. A Iara explicou tudo nos mínimos detalhes e deu pra perceber que ela gosta de se envolver e é muito exigente! O que deixa a gente segura, né?

Outra coisa que eu também gostei, foi o fato de a pista de dança ser separada, como se fosse uma boite. Minha tia disse que o legal disso, é que as pessoas podem conversar sem ficar incomodadas com a música. Quem quer dançar vai para pista, que no meu caso vai ter Open Bar do lado, e quem não quer, fica no salão, comendo, tomando um drink e conversando, sem aquela barulheira no ouvido. Eu concordo em gênero, número e grau.

O Pedro não estava aqui, mas combinei com a Iara de voltar lá no dia 13-11, que é quando ele vem para comemorarmos meu aniversário. Não será casamento, mas uma festa de 15 anos, de qualquer forma, dá pra ele ter uma ideia. Depois disso, se ele gostar, podemos marcar uma conversa com a decoradora, sem compromisso, falar dos valores, decoração etc.  Se eu realmente me interessar, podemos marcar uma degustação. Aliás, o buffet deles é bem variado, com ilhas de todos os tipos, coquetel e empratados, você escolhe aquilo que te agrada mais. Eu gostei bastante e me senti realmente segura e acolhida. Foi uma surpresa pra mim. O estacionamento não é muito grande e nem é fechado, mas não é dos piores, ainda mais que o pacote inclui orientador de trânsito. Também não vi se tem suíte dos noivos, mas isso nunca foi prioridade pra mim. Nunca liguei muito…

Enfim, adorei o salão, senti aquele famoso arrepio e até imaginei minha festa lá. Acho que isso é muito bom, né? Vou fazer ainda muitas visitas lá e em outros lugares antes de decidir, claro! Mas confesso que estou realmente balançada pelo Solar Uberaba, por me sentir segura, acolhida e por achar que se parece muito comigo e com o Pedro. Se tudo der certo, se o Pedro gostar, e eu não me encantar por nenhum outro lugar, há grandes chances de fazer minha festa lá!  (Ai, como é bom esse sentimento de “menos 1”. Espero  que seja mesmo. )

Anúncios

E agora, onde será tocada a marcha nupcial?

28 out

Depois de um tempinho sem postar (sou professora e estou me formando na universidade, ou seja, não tenho vida social), resolvi falar sobre as igrejas que já visitei e pretendo visitar.

Catedral

Quando eu e o Pedro decidimos que faríamos o casamento em Brasília, logo veio a nossa cabeça a catedral. Já que a primeira vez que ele veio aqui, fizemos um tour por BSB e ele ficou encantado com a igreja. Tive um primo que casou lá e o casamento foi lindo! A decoração ficou perfeita. Dá pra fazer algo bem legal, sem gastar muito, já que a beleza da igreja já contagia tudo. Algumas flores e um tapete bonito são o bastante. Quango liguei lá no começo do ano para me informar, o preço cobrado estava em torno de R$1000,00. Me surpreendi, achei que fosse MUITO mais caro.  A Catedral é realmente uma igreja linda, mas acho muito luxuosa, algo bem ao estilo NOIVA DIVA, é lindo e tudo mais… Mas não sei se combina muito comigo e com o Pedro. Além disso, o acesso aos turistas não fica bloqueado, enquanto o casamento acontece, várias pessoas, de todos os estilos, entram e saem tirando fotos, afinal, trata-se de um patrimônio de BSB. Anyway, vale muito a pena se vc quiser casar em uma das igrejas mais bonitas de Brasília.

Perpétuo Socorro

Da última vez que o Pedro veio aqui, fomos visitar as igrejas. A minha tia-mãe  já tinha falado da Perpétuo Socorro, que tinha ido a um casamento lá, que era linda etc. Quando chegamos, o Pedro já foi logo tirando foto do lado de fora mesmo. Conheço ele, já vi que ele ficou encantado pela a igreja, eu também fiquei. A área externa é linda, a interna é aconchegante, tem um teto em formato de cruz, o painel do altar é diferente e moderno. Enfim, é MUITO linda. A moça que nos atendeu na secretaria, disse que a agenda de 2012 ainda não tinha aberto, mas que o preço estava em torno de R$ 1500,00. Carinho, né? Eu achei! Ainda não decidimos o lugar da festa, mas se for em algum salão do lago ou do plano, com certeza, a escolhida será a Perpétuo Socorro. Detalhe que eu e minha tia-mãe saímos na foto ao melhor estilo noivas entrando na igreja hahaha (Sim, eu tenho que correr! É MUITO concorrida. Let’s run, Girls!)


Capela São Francisco de Assis

Então, sabe quando algo te diz, lá no fundo, que você vai acabar escolhendo uma igreja, por mais que você rode toda Brasília? Pois é, foi assim com  A Capela São Francisco, que fica perto da entrada do Gama, no Núcleo Rural Casa Grande. Minha tia-mãe e eu, sempre achamos essa igreja LINDA e quando o Pedro veio, decidimos fazer turismo por lá. Eu já me emocionava só de entrar na igreja, ela fica num lugar maravilhoso, parece uma pintura! Além disso, no pôr-do-sol (já fui a uma casamento lá essa hora), os raios entram pelos vitrais e deixam o aspecto da igreja belíssimo. Inexplicável. Quando chegamos lá, ainda no carro, o Pedro apertou minha mão e disse: “Se formos casar em BSB, o casamento será aqui”. Ele gostou tanto que tirou fotos, postou no flickr e ficou falando um tempão da igreja. Isso foi há mais ou menos 2 anos atrás. Quando começamos a pesquisar, ficamos meio tristes, porque a igreja é meio isolada e não havia nehuma salão (descente) por perto. Depois que descobrimos isso, meio que desistimos. Mas, ao entrar na comunidade Noivas de Brasília, qual não foi a minha supresa quando descobri o Espaço Catetinho, que fica ali bem perto. O lugar parece bonito e foi muito bem recomendado. Ainda não visitei, mas estou anxious about it!  Se eu gostar do salão, do buffet e tudo couber no orçamento, provavelmente me casarei na Capela São Francisco de Assis. Ainda não sei o preço pra casar lá, mas não deve ser mais cara que a Perpétuo Socorro ou Catedral. Apesar de muita gente achar longe, meus convidados são em grande maioria do Gama, porque mesmo de mudança para Águas Claras, cresci aqui, então distância não será problema. (obs: no link pro flickr do Pedro tem mais fotos da capelinha.)

São Camilo de Lellis

Minha tia se casou na São Camilo há mais ou menos uns 10 anos. Resolvi escrever sobre ela, porque além de achar bem bonitinha e aconchegante, lá tem um detalhe legal: o salão de festas. Pras noivas que não querem um baladão, eu SUPER recomendo! Eles não permitem boite por motivos óbvios, mas o salão de lá é bem legal, espaçoso e pode ser uma economia e tanto para aquelas que não querem gastar tanto no casamento e também não são adeptas de um festão de virar a noite (o que não é o meu caso hehehe). O preço eu realmente não sei, mas vale a pena pesquisar.

Oratório do Soldado

Bem, eu conheço muitas pessoas que se casaram no Oratório do Soldado. A Stella, do blog casamento 10, famosérrimo entre as noivas de BSB, se casou lá. Eu vi as fotos no blog e ficaram lindas. O lugar pareceu até outro, de tão boas que as fotos ficaram, mas quando eu fui lá pessoalmente, não sei… Não rolou. Achei o lugar muito sério, escuro, não faz muito o meu estilo. Mas talvez com uma boa decoração valha a pena. Eu não sei o preço, porque como não me interessei, nem cheguei a pesquisar, mas pra quem gostou é só dar uma passadinha lá que tem sempre alguém atendendo.

Enfim, ainda quero visitar a Igreja São Judas Tadeu, todos falam super bem de lá e mais algumas igrejas em Taguatinga, caso eu goste do espaço Casa Bonita e decida fechar no salão de lá. Aliás, vou lá na sexta-feira e já vou postar as impressões aqui no blog. E então, alguma noivinha tem indicações de igrejas em Taguá?

Mimos casamentícios

24 out

Ontem estava mexendo na minha pasta de casamento e achei um cartãozinho da Beaulacet. São sapatilhas LINDAS pra presentear às convidadas durante a festa. Quando falei com a estilista no Fest Noivas, ela me disse que cada par sairia em torno de R$ 25,00. Como meu orçamento não é tão folgado assim, decidi que vou presentear apenas as madrinhas com essas fofuras:

Já pros padrinhos, serão as tão usadas Havaianas personalizadas. Tem gente que acha batido, mas eu continuo achando um charme. Eu mesma ganhei quando fui madrinha no mês passado e adorei!

Além desses mimos, também quero presentar os padrinhos com alguma outra coisa. Pensei em canecas (achei essa fofa! Só mudaria para a cor branca) :

Ou até mesmo garrafinhas de água personalizadas. Vi uma vez e achei uma gracinha:

Já para os convidados, vai o bom e velho bem-casado. Nunca sai de moda, né? Ainda vou decidir a cor do embrulho e do lacinho, porque quero que combine com a decoração. Como tenho uma tia artesã (chique no úrtimo!), também vou pedir pra ela fazer caixinhas LINDAS e presentear os convidados. Ainda não sei o que colocar dentro:  bombons, balinhas no estilo mint to be, ou qualquer outra coisa, mas já sei o modelo de caixinha que quero (by the way, visitem o blog dela, meninas. Ela faz coisas muito fofas, essa caixinha  é arte dela):

E pra terminar, vocês já ouviram falar em mini-bolos? São bolinhos pequenininhos que imitam o bolo de casamento. Colocados em caixinhas transparentes, ficam perfeitos como lembrancinhas. Os mini-bolos eu também já tenho quem fazer. Pasmem, meninas, eu tenho uma tia boleira! Sim, sou uma noivinha de sorte! Ela faz bolos lindos. Depois vou postar algumas fotos aqui no blog. E além de fazer meu bolo de casamento, ela também vai confeccionar os mini-bolos. Se quiserem o contato é só me pedir. Falem que viram no blog que ela dá um desconto bem legal. De início, eu pensei em dar só para os padrinhos, mas ficou tão em conta que decidi dar para todos os convidados. Olha que mimo:

Mas o destaque de hoje vai pra uma coisa que o noivo achou e eu quase morri quando vi. Primeiro porque sou LOUCA por M&M’s e segundo porque é a coisa mais meiga do mundoooo! M&M’s personalizados? EU QUERO!

Acho super importante a preocupação com as lembrancinhas de casamento. Afinal de contas, a festa não é só dos noivos, os convidados têm um papel super importante nesse dia tão especial. É impressionante como eles se sentem importantes e valorizados quando o casal os presenteia com esses mimos. Algumas de vocês devem ter uma tia, amiga, ou até mesmo mãe, que leva jeito pro artesanato e tudo pode sair bem mais em conta. São coisas singelas, mas que podem tornar o casamento inesquecível.

Tudo junto e misturado ou não? Eis a questão!

22 out

Para começar o post, quero corrigir uma informação do post interior. Graças à Mary da comunidade do orkut Noivas de Brasília (Brigadão, Mary =*), descobri que o Espaço catetinho faz parte, na verdade, da  Colônia Agrícola Catetinho e não do CAUB, como eu havia citado anteriormente.

Ainda falando sobre salões e buffet, quero colocar uma dúvida que tenho constantemente e que acho que a maioria de vocês também têm. Então, alugar salão com tudo incluso ou contratar tudo separadamente? Não sei…

Às vezes penso que seria menos dor de cabeça, que teria muito menos trabalho se contratasse um salão com tudo incluso. Citando a Priscila, uma noiva de quem fui madrinha mês passado, você só precisa ligar pra um lugar e isso é muito bom. E é verdade… Além disso, tudo parece mais completo, eles oferecem uma gama de coisas, coisas que antes eu nem sabia que precisaria, que eu nem sabia que existiam.

Daí vem aquele sentimento que toda noiva carente e preocupada sonha em ter: segurança. Mas ao mesmo tempo, bate aquele medinho  “mas será que eles são bons em tudo? Será que algum desses serviços não vai deixar a desejar?” O preço também pode ser mais salgado, como é o caso do Contemporâneo house, ou mais em conta, como nos casos do Casa Bonita e Espaço Catetinho. Aí o que vale é nossa esperteza de noiva. Porque vocês sabem que quando a gente pesquisa casamento, a gente vira praticamente aquele economista do Fantástico,  Luis Carlos Ewald, né?

Enfim, também tenho uma certa queda pelo Clube do Exército, porque conheço um sócio de lá e o precinho seria bem bacana. O problema é que o buffet de lá é exclusivo, Adriana Buffet (cof cof!), não só meio salgado, como polêmico também, dos comentários que vi, é algo como “Adriana Buffet: Ame ou Odeie”. Me pergunto: “Será que vale a pena fazer lá e correr atrás de tudo? Será que não vai sair bem mais caro? Será que vou dar conta de supervisionar tudo?”

E vocês noivinhas, compartilham desse sentimento pensamento? Eis a questão!

O início da saga

21 out

Como a maioria das noivas estou vendo com antecipação aquilo que considero mais importante: Igreja, Salão de festa, buffet e fotografia. No momento, estou pesquisando muuuuuuito (e bota u nisso) salões e buffet. Já recebi orçamentos de diversos salões, mas visitar, visitar mesmo, só alguns. Estive no La Provence, Contemporâneo Park e Contemporâneo House.

La Provence: Quem me atendeu no La Provence foi… Ninguém hehehe. Na verdade, a culpa foi nossa, chegamos depois do horário comercial e não tinha mais ninguém lá. O salão estava aberto, em reforma, tinha só o pessoal da obra. Deu pra perceber que é um espaço bem amplo e dá pra fazer muito coisa ali. Mas, por causa da reforma, tava tudo meio indefinido ainda. Também ficamos em dúvida com relação ao estacionamento, tem um espaço muito pequenininho cheio de brita lá na frente e não conseguimos avistar nenhum outro estacionamento, se for só aquele é muito pouco =\. Soube do La Provence no Fest Noivas, a moça que me atendeu foi muito atenciosa. Me mostrou tudo direitinho, explicou como funcionava o salão, buffet (próprio) e decoração (de muito bom gosto), prometeu que iria me mandar o orçamente e mandou. Enfim, ainda não cortamos o La Provence totalmente da nossa lista, eu e o Pedro pretendemos voltar lá (a reforma já deve ter acabado) e assim que visitar de novo, dou um novo parecer, hahaha.


Contemporâneo Park: Quem nos atendeu no Contemporâneo Park foi uma das  donas. Fomos de hora marcada (bem melhor). Conheci o Contemporâneo Park lá no Fest Noivas também. O Salão estava sendo decorado para um casamento que aconteceria logo mais, estava tudo muuuuuito lindo, o decorador parecia ótimo (indicação deles, é só perguntar). A dona (que vergonha! não lembro o nome dela) foi super atenciosa!  Apesar de estar toda atarefada, ela fez questão de nos mostrar tudo, explicar tim tim por tim  tim. Ficamos encantados. Tanto a área externa quanto a interna são lindas. Mas ficamos com a sensação de que ele é muito pequenininho, a pista de dança parecia pequena também, ficamos com medo de nossos convidados ficarem sem espaço (e olha que só temos 200), mas talvez seja só impressão mesmo. Achamos o preço meio salgado pro tamanho. Além disso, o salão vem seco, ou seja, sem nenhuma mobília. Depois fomos atendidas pela Elda, gerente de eventos, que também foi super atenciosa, ela explicou que o buffet de lá é exclusivo, Coffee Break, eu não conheço, nunca ouvi nada bom ou ruim, mas nem chegamos a pesquisar mais sobre porque desanimamos com o tamanho e com o preço. Mas para quem tem um orçamento beeeem folgado, quer um casamento intimista, ao ar livre, principalmente, e com poucos convidados é um lugar ideal.

Contemporâneo House: Então, tenho uma relação de amor e ódio com o Contemporâneo House (veia dramática vindo à tona). Também fiquei sabendo pelo Fest Noivas e, naquele dia, a pessoa quem nos atendeu lá e no próprio salão, foi super gente fina. Explicou tudo direitinho, me deixou babando mesmo, morrendo de curiosidade de conhecer! Fiquei atraída por ser um salão que fechava TUDO: buffet, DJ, decoração.. etc etc. Mandei um e-mail marcando uma visita e ele disse que eu poderia aparecer a hora que quisesse (estranho). Quando meu noivo veio pra me visitar, decidimos aparecer lá no sábado à tarde. Como esperado, estavam organizando uma festa e estavam TODOS muito ocupados. Quem tia me atendido no fest noivas não estava e a moça responsável disse que não poderia nos atender e nos passou para um rapaz que cuidava da Fun House, casa de festas de criança, (oi?). Então tá, né… Tadinho, ele fez o maior esforço, mas não estava por dentro de muita coisa, tudo era “Ahm, mas tenho que confirmar, tá?”. Ok, entre trancos e barrancos, conseguimos o orçamento. Mas, além de tudo isso, achamos o salão sujo!!! O Pedro até falou quando entramos “Nossa, tá em reforma?”. Poxa, a poucas horas da festa e aquela sujeira! Ficamos com o pé atrás, mas decidi não desistir. Voltei lá de novo e falei com o próprio que tinha nos atendido. Ele parecia com pressa, nos atendeu meio impaciente e parecia não estar muito disposto a explicar tudo. De  novo: o Salão estava MUITO SUJO, tudo bem que era uma terça-feira, mas poxa, não deu tempo de limpar desde a festa de domingo? Além disso, analisamos bem o orçamento e percebemos que o “inclui tudo”, não era bem TUDO, é tudo do mais básico, se quiser algo com mais requinte tem que pagar bem a mais. Achamos o preço muito salgado para, se quisermos algo melhor, ter que pagar mais. Conclusão, se vc está com preguiça de pesquisar, quer tudo em um só lugar e não se importa com o preço, faça sua festa lá, mas fique no pé quando o assunto é limpeza. Mesmo assim, não deixa de ser uma boa opção. =)

Bem, assim que visitar os outros salões posto tudinho aqui.

Próximos destinos:

Espaço Casa Bonita – Taguatinga DF

Espaço Catetinho – CAUB

Espaço Renascença – Park way

Supremum Event Center – Águas Claras

Clube do Exército – Lago

E começa a saga…

Nossa história

21 out

Para começar o blog, vou comentar um pouco da história da noiva e do noivo. Eu moro em Brasília e o Pedro mora em São Paulo. É, namoro à distância. Estamos juntos há quase três anos e por todo esse tempo namoramos desse jeito; ele lá e eu aqui. Nos vemos uma vez por mês, às vezes passamos as férias juntos, nos falamos pela internet (santa web cam), viajamos juntos de vez em quando… Não posso dizer que sempre foi a coisa mais fácil do mundo, mas a gente se ama muito e sempre lutou muito pra dar certo. E deu. Falamos em casamento desde que nos conhecemos, ou seja, desde que começamos a namorar hahaha. Sabe aquele negócio de amor à primeira vista? Então, eu também não acreditava, mas aconteceu comigo. Finalmente vamos poder ficar juntos como sempre sonhamos.  Agora é pra valer, não estamos apenas falando sobre casamento, mas agindo. Vamos oficializar o noivado e o casamento acontece em 21 de Abril de 2012. Parece longe, né? Eu também achava. Mas depois de tanto pesquisar, estou com medo de estar atrasada. É, meninas… Quanto antes, melhor!

Primeiro contato

20 out

Olá noivas de Brasília! Meu nome é Sara, mas podem me chamar de Sarinha, tenho 22 anos (quase 23), moro no Gama (de mudança pra Águas Claras). Como todas vocês estou na “saga casamentícia” e quase ficando louca. É muita coisa, né? Mas o esforço vale a pena, sim! É um dia único, um dia nosso, um dia muito sonhado.

Há meninas (tipo eu) que sonham desde novinhas com esse dia. Meio conto de fadas, né? Quem mandou ficar  assistindo os filmes da Disney na sessão da tarde? Agora a gente acha que é a Cinderella. Êba! Quero final feliz! Todas queremos… Então, resolvi criar esse blog porque ADORO organizar meu casamento, como muitas de vocês, e tenho o intuito de postar experiências e, o mais importante, trocar experiências e informações: decoração, fotografia, buffet, salão de festas e etc. À todas que estão nessa saga: vamos compartilhar, meninas!!! ADORO!