Arquivos | Salões de Festa RSS feed for this section

Casei 4 – O Salão e o Buffet

12 jul

Nossa, eu nem sei como descrever a perfeição do salão e do buffet. Kelly e Eduardo, MUITO OBRIGADA!

Meninas, sabe o que é não ter NENHUMA reclamação? O sonho de toda noiva, né? Pois com o Espaço Catetinho foi assim! Os convidados falam até hoje sobre a beleza do local, a simpatia dos garçons, o sabor da comida, o quanto foram bem atendidos e bem recebidos. Todo mundo elogiou MUITO a comida! Eu sabia que estaria tudo uma delícia, porque eu já estava apaixonada por tudo desde a degustação, queria TUDO no dia, foi difícil escolher. O Eduardo realmente é um chefe de mão cheia! Olha que o Pedro é bem exigente com comida e ele adorou.

Todas as pessoas, sem exceção, disseram que saíram “rolando” de tanto comer da minha festa, já não aguentavam comer mais nada e que estava tudo muito gostoso. Por isso sobraram muitos doces e bolo, as pessoas tiveram que levar  pra casa, pois não conseguiam mais comer. Foram muitos, muitos elogios. Os convidados só têm me encontrado na rua e dito: “Menina, que festão! Que lugar lindo! Que comida maravilhosa! Como fomos bem servidos!”. Várias exclamações.

Destaque para o garçon VIP dos noivos, Jhonny. UM AMOR! O Pedro chamava ele de “Meu Anjo da Guarda” o tempo todo. Tudo que a gente pedia ele trazia. Essa história de que os noivos não comem é balela! Eu não comi muito, porque estava bem agitada, mas o Pedro aproveitou bastante e comeu de tudo.  O VIP servia meu Prosecco e logo depois vinha com a água, me dando o que comer para eu não ficar tão bêbada! Culpada confesso, fiquei BEM alegre! hahahaha Mas foi uma DELÍCIA curtir a festa com meu amor e meus convidados. Eu realmente não queria ser aquela noiva estátua que não participa da festa.

No meio da festa, eu e Pedro fomos na cozinha e fizemos questão de agradecer pessoalmente ao pessoal que estava preparando tudo. Pelo capricho, pela comida deliciosa. Qual não foi minha surpresa quando encontramos a Kelly de touquinha ajudando o pessoal na cozinha e o Eduardo coordenando tudo. Eles se envolvem mesmo no seu casamento, fazem o melhor pra tudo ficar perfeito, metem a mão na massa, organizam tudo e até fazem um pouco de cerimonial. Porque, eu vou falar uma coisa pra vocês, se não fosse por eles, coisas que já deram errado no dia por conta de cerimonial, teriam dado ainda mais errado.

Fora que a Liliane, que trabalha com eles, é um amor! Fica o tempo inteiro na organização, da negociação até no dia do casamento. Se envolve, ajuda, coordena. Minha tia chegou lá, e como não a conhecia, jurou que ela era do cerimonial. Todos são uma simpatia! Tivemos muita sorte mesmo.

Gente que diz que fica longe, que a localização é ruim, não sabe do que fala. Levamos menos de 20 minutos para sair da Igreja no Lago Sul e chegar lá. Fica em uma área verde, quase não tem casas em volta, o que ajuda se você quer estender a festa um pouco mais. Quem fala da localização, ou é porque é preconceituoso ou é porque é orgulhoso e só os clubes do Lago prestam. Claro que há lugares lindos lá, maravilhosos e que me chamaram a atenção, mas nem sempre, eu disse NEM SEMPRE,  a satisfação é a mesma da que eu tive no Espaço Catetinho.

Brasiliense, ou melhor, brasileiro tem essa mania, né? Gosta de ostentar algo pelo nome. Eu nunca fui assim e acho que as noivas deveriam levar isso em conta. Faça um casamento que tenha a sua cara, não queira apenas encher de flores e lustres com o decorador mais caro e no lugar mais badalado de Brasília. Nem sempre isso é o que vai fazer o seu casamento inesquecível. O que gosto muito da inspiração dos casamento americanos e euroupeus é isso. Eles imprimem a identidade no seu casamento e é isso que tentei fazer no meu. Gosto de ter personalidade e passar isso para as minhas coisas. No meu casamento foi assim, na decoração da minha casa também.

Acho que as noivas deveriam fazer isso também. Parar de se preocupar com o nome do profissional e seguir mais seu coração, se apaixonar por algo que tenha a ver com ela e com o noivo, não só pela fama de quem o faça. Se coincidir de o profissional ser famoso e ter aquilo que os noivos estão procurando, ÓTIMO. Isso é muito bom mesmo, depende do estilo dos noivos. Há profissionais que eu adoro, que são tops, mas que não fazem muito o MEU estilo.  Agora, contratar sem pensar, só pelo nome e pelo status. Desculpa, não é muito inteligente.

Fiquei EXTREMAMENTE satisfeita com o contrato do meu salão e buffet e indico pra quem for de olhos fechados. Abaixo algumas fotos do local e da Ilha Mexicana que contratamos, que estava linda e deliciosa. Aliás, meu cardápio, além da ilha, foi de Coquetel Volante e Mini Empratados. Deu mais que conta do recado e meus convidados ficaram muito satisfeitos.

Ps: Vou estar mais presente no blog, estou de recesso do trabalho e da Pós! Eba! hahaha

Salão? Fechado!

23 fev

Segundo item da minha check list confirmado. Fechei o salão de festa com o Espaço Catetinho e estou me sentindo exatamente como queria me sentir, quando escolhesse meu salão da recepção, completamente satisfeita. A Kelly é uma pessoa ímpar e foi um prazer negociar com ela. É uma pessoa muito sincera, atenciosa e que passa muita confiança. O Pedro também gostou muito dela e estamos orgulhosos do nosso contrato.

Fechamos o pacote completo, com DJ, orientadores de trânsito, seguranças e brigadistas, mesas e cadeiras, além do buffet que é próprio, by the way, eu ainda não fiz degustação, mas confio plenamente na competência do chefe, Eduardo, que é marido da Kelly. O buffet já foi super elogiado e vou a uma degustação no sábado que vem com minha amiga madrinha. Depois posto minhas impressões aqui (tenho certeza que serão as melhores).

Quanto ao local, acho a localização perfeita, principalmente porque quero me casar em uma das igrejas mais lindas daqui, a capelinha de São Francisco de Assis, foi realmente uma benção divina achar um salão tão lindo e tão perto de lá. Quem diz que não gosta da localização porque é longe, não sabe o que está falando. Depende muito do que é longe para você, de onde você quer se casar e de onde os seus convidados moram. E outra, quem gosta de você, vai comparecer ao casamento independentemente da localização. E no dia do nosso casamento, ter as pessoas que a gente gosta é o mais importante, o resto é resto, não é verdade?

Nos próximos dia 1 e 2/03 haverá uma mostra de profissionais do Espaço Catetinho e a minha presença é garantida. Além de ver alguns excelentes profissionais que lá estarão, alguns que quero muito fechar negócio, vou aproveitar pra concorrer ao sorteio do aluguel do salão, uma economia muito boa. Quem quiser saber mais sobre a mostra e também sobre o sorteio, é só entrar no blog do Espaço Catetinho. Acho que vai ser muito bacana! Quem quer conhecer mais sobre o trabalho da Patrícia, da Primavera flores e decoração, muitas noivinhas têm me perguntado sobre ela aqui no blog, orkut e também por e-mail,  é só ir à mostra que ela vai estar lá, com uma linda decoração.

Beijos, noivinhas! Nos vemos na Mostra ;).

Salão e Decoração (Ih, rimou!)

22 jan


Como disse, hoje comecei a organizar meu casamento de novo. Eu estou (ou estava) em dúvida entre dois lugares Espaço Catetinho e Solar Uberaba. Hoje fui ao Espaço Catetinho pra conversar com a Kelly, proprietária. Como sempre, fui super bem recebida. A Kelly é um amor, disposta a negociar e a fazer tudo pra você fazer o casamento lá. Eu amo a Capela São Francisco de Assis e só a possibilidade de achar um lugar bem legal pra fazer a festa lá, perto da Capela, já me deixa super empolgada. Gostei do cardápio do buffet, muito variado e muito elogiado (AINDA não fiz a degustação, mas só de olhar a descrição dá água na boca). Fiz a opção por coquetel e mini-empratados e gostei bastante do orçamento final, que inclui várias coisas, na verdade, quase tudo, só falta a decoração. E por falar em decoração…

Se eu fizer o meu casamento no Espaço Catetinho, já que o Uberaba já tem decoração própria, muito linda por sinal, eu posso dizer que já tenho minha decoradora, simples assim. Não, não quero mais ver nenhum orçamento, não quero mais falar com ninguém. Sabe quando você acha alguém que te entende e pode fazer o casamento dos seus sonhos sem te extorquir? Pois é… A Patrícia da Primavera Flores e Decoração é assim. Quando eu cheguei, já fiquei encantada com a doçura da Patrícia. Um amor, delicada, prestativa e, principalmente, dá pra ver que é apaixonada pelo que faz e, por isso, faz tudo muito bem feito. Eu nunca tinha ouvido falar da Primavera, foi por indicação do Espaço Catetinho que soube dela. Antes, eu só sabia dos decoradores famosos e dos preços absurdos. Sim, as decoração são lindas, não nego, mas nenhuma ainda tinha me chamado tanta atenção, nenhuma tinha me tocado tanto quanto o trabalho da Patrícia. É um trabalho delicado, preciso, feito com muito cuidado e dá pra ver o quanto ela entende de flores e de harmonia das cores. Pegou o que eu queria em um instante, descreveu melhor do que ninguém a decoração dos meus sonhos, e o melhor de tudo isso, com um preço que cabe no meu bolso, nada exorbitante e nada nem tão barato que a gente chegue a desconfiar da qualidade do trabalho.

Enfim, saí de lá apaixonada pela decoração e pela decoradora também. Minha decoração, ou melhor, meu orçamento, inclui tablado, parede falsa com estampa, lounges, arranjos altos intercalados com arranjos baixos, armários para bem casados,  souplats e outras coisas, menos as mesas e cadeiras, que jã são do Espaço Catetinho. Falei das cores que eu queria: tons de nude, rosa-bebê, champagne, pastel etc, algo bem delicado e que se pareça comigo e com o noivo (amor, não to te chamando de fresco-que-gosta-de-cor-de-mulher, mas é que você é tão lindo quanto essas cores são pra mim, por isso tem a ver com a gente hahaha boa, né?). As flores eu e a Patrícia escolhemos juntas e eram exatamente as que eu queria: Lisianthus, Rosas Spray, Flores de Aster e etc. (Aliás, aprendi MUITO sobre flores com esse orçamento, quase uma expert!). Adoro lírios, mas assim como eu pensava, o exagero deles pode comprometer a festa, já que essas flores são MUITO cheirosas. A Patrícia disse que, inclusive, isso pode atrapalhar o paladar dos convidados, já que como sabemos, olfato e paladar estão muito próximos. Ela disse que, antigamente, os reis costumavam fazer festas com MUITAS flores, e percebeu-se, com o tempo, que os lugares que tinham mais flores eram onde as pessoas menos comiam. Huh, cultura, hein?

Enfim, estou muito feliz com o dia de hoje e estou cada vez mais próxima da minha decisão. Amanhã vou ao Espaço Uberaba, para uma degustação, e assim que tiver o local definido, o blog será o primeiro a saber.

Espaço Catetinho e outras resoluções…

25 nov

Meu aniversário foi semana retrasada e, como sempre, meu amor veio para cá para comemorarmos muito.  E, lógico, nesse tempinho que ficamos aqui, pesquisamos e resolvemos algumas coisas. Como combinado, visitamos o Solar Uberaba. Como sempre, a Iara nos atendeu super bem e foi super solícita. A decoração estava diferente, 15 anos, mas mesmo assim deu pra ter ideia. O Pedro gostou do local, do atendimento, e ainda super recomendo para todos que querem uma casamento simples e bonito, a decoração de lá é muito linda.

Depois do Solar Uberaba, fomos ao Espaço Catetinho. Então, alguns anos de namoro… Conheço o noivo que tenho. Rolou aquele apertinho na minha mão assim que chegamos e o comentário “Que lindo!” Sim, ele se apaixonou pelo Espaço. Eu também gostei bastante. A área externa é LINDA, com cascata, área verde maravilhosa e etc. A Liliane nos atendeu e foi super atenciosa, um amor. Mostrou tudo direitinho. Eu sempre me apego aos detalhes, gosto de coisas caprichosas, sinal de que as pessoas trabalham bem, se preocupam com o resultado final. O fraldário é a coisa mais fofa, cheio de bichinhos, tudo arrumadinho e limpinho,  um mimo. Os banheiros com cascata, com kit emergência que até linha, agulha e base para a unha tem. Achei muito delicado. A suíte dos noivos é isolada e estava bem arrumadinha.

O salão estava decorado. A decoração era do Ricardo Azevedo, não fazia meu estilo, mas estava bonita. A cerimônia seria no local, e foi decorada por um dos meus decoradores preferidos, Paulo Yoshida. Linda e delicada, como sempre. O Salão é amplo, com espaço para 400 pessoas. A pista de dança fica em frente ao palco e o espaço é bom. O salão oferece mesas, cadeiras, DJ, manobristas e orientadores de trânsito, seguranças, brigadistas dentre outros serviços que podem ser negociados com a casa. O buffet é exclusivo, mas todos falam muito bem, em breve marco uma degustação e posto aqui as impressões.

Enfim, ficamos encantados com o salão e com a possibilidade de poder realizar nosso casamento onde sempre sonhamos, Capela São Francisco de Assis, já que a distância entre os dois é mínima. Bem, teoricamente, salão de festas, buffet e igreja já estão decididos, basta agora torcer pra tudo dar certo. Estamos com o orçamento informal, apenas por e-mail, mas ainda vamos lá pra negociar outros serviços, forma de pagamento e etc, e, se tudo sair como planejado, já não somos mais noivos perdidos sem saber onde de casar e onde festejar, hehe. Depois disso, as coisas mais importantes já estarão decididas, e teremos tempo de sobra pra decidir os outros detalhes que não deixam de ser indispensáveis.

A agenda só abre em 2012, mas já esta sendo feita uma pré reserva com os noivos interessados e, assim que a agenda abrir, os noivos serão chamados para fechar o contrato. Na torcida pelo melhor! Sempre…

Algumas fotos do Espaço:

Solar Uberaba

31 out

Eu nem esperava visitar o Solar Uberaba, porque nunca tinha ouvido falar de lá. Mas há alguns dias atrás, entrei na comunidade Noivas de Brasília e uma das noivas estava falando sobre o salão. Mandei um e-mail, como de praxe, e recebi o orçamento. Gostei bastante, achei super em conta. O buffet, exclusivo, parecia interessante e o salão e a decoração, pelas fotos, pareciam normais.

Mostrei para o Pedro, ele gostou bastante da decoração e disse que poderia valer a pena visitar o salão. Coincidentemente, recebi um convite deles por e-mail para uma visita ao salão decorado, já que aconteceria um casamento lá no domingo, 31-10. Liguei lá e desde já, a Iara foi MUITO atenciosa, me explicou direitinho onde ficava, Quadra 03 do Park Way, na subida para o Núcleo Bandeirante. Fui lá com minha tia-mãe e chegamos sem dificuldade.

Apesar da chuva, deu pra perceber que a parte externa do salão é bem lindinha. Mas ao entrarmos, pela primeira vez, depois de visitar tantos salões, me arrepiei. A decoração estava LINDA, exatamento do jeito que eu quero; tons de amarelo, pêssego e branco. Os detalhes pequenos que fazem a diferença: tubos de ensaio pendurados com rosas (nunca tinha visto, mas é LINDO!), mesa dos noivos colocada separadamente, do lado da mesa do bolo, pratarias novinhas, mobília limpinha e bem disposta. Enfim, tudo muito delicado, simples e bonito, exatamente como eu e Pedro queremos.

O salão não é ENOOOORME, ainda mais que o casamento que aconteceu hoje era com cerimônia também, o que diminui ainda mais o espaço. Mas é mais do que suficiente para 200 e pouco convidados, que é exatamente a quantidade que temos. Gostei também, porque achei o salão acolhedor e muito bem dividido. A Iara explicou tudo nos mínimos detalhes e deu pra perceber que ela gosta de se envolver e é muito exigente! O que deixa a gente segura, né?

Outra coisa que eu também gostei, foi o fato de a pista de dança ser separada, como se fosse uma boite. Minha tia disse que o legal disso, é que as pessoas podem conversar sem ficar incomodadas com a música. Quem quer dançar vai para pista, que no meu caso vai ter Open Bar do lado, e quem não quer, fica no salão, comendo, tomando um drink e conversando, sem aquela barulheira no ouvido. Eu concordo em gênero, número e grau.

O Pedro não estava aqui, mas combinei com a Iara de voltar lá no dia 13-11, que é quando ele vem para comemorarmos meu aniversário. Não será casamento, mas uma festa de 15 anos, de qualquer forma, dá pra ele ter uma ideia. Depois disso, se ele gostar, podemos marcar uma conversa com a decoradora, sem compromisso, falar dos valores, decoração etc.  Se eu realmente me interessar, podemos marcar uma degustação. Aliás, o buffet deles é bem variado, com ilhas de todos os tipos, coquetel e empratados, você escolhe aquilo que te agrada mais. Eu gostei bastante e me senti realmente segura e acolhida. Foi uma surpresa pra mim. O estacionamento não é muito grande e nem é fechado, mas não é dos piores, ainda mais que o pacote inclui orientador de trânsito. Também não vi se tem suíte dos noivos, mas isso nunca foi prioridade pra mim. Nunca liguei muito…

Enfim, adorei o salão, senti aquele famoso arrepio e até imaginei minha festa lá. Acho que isso é muito bom, né? Vou fazer ainda muitas visitas lá e em outros lugares antes de decidir, claro! Mas confesso que estou realmente balançada pelo Solar Uberaba, por me sentir segura, acolhida e por achar que se parece muito comigo e com o Pedro. Se tudo der certo, se o Pedro gostar, e eu não me encantar por nenhum outro lugar, há grandes chances de fazer minha festa lá!  (Ai, como é bom esse sentimento de “menos 1″. Espero  que seja mesmo. )

Tudo junto e misturado ou não? Eis a questão!

22 out

Para começar o post, quero corrigir uma informação do post interior. Graças à Mary da comunidade do orkut Noivas de Brasília (Brigadão, Mary =*), descobri que o Espaço catetinho faz parte, na verdade, da  Colônia Agrícola Catetinho e não do CAUB, como eu havia citado anteriormente.

Ainda falando sobre salões e buffet, quero colocar uma dúvida que tenho constantemente e que acho que a maioria de vocês também têm. Então, alugar salão com tudo incluso ou contratar tudo separadamente? Não sei…

Às vezes penso que seria menos dor de cabeça, que teria muito menos trabalho se contratasse um salão com tudo incluso. Citando a Priscila, uma noiva de quem fui madrinha mês passado, você só precisa ligar pra um lugar e isso é muito bom. E é verdade… Além disso, tudo parece mais completo, eles oferecem uma gama de coisas, coisas que antes eu nem sabia que precisaria, que eu nem sabia que existiam.

Daí vem aquele sentimento que toda noiva carente e preocupada sonha em ter: segurança. Mas ao mesmo tempo, bate aquele medinho  “mas será que eles são bons em tudo? Será que algum desses serviços não vai deixar a desejar?” O preço também pode ser mais salgado, como é o caso do Contemporâneo house, ou mais em conta, como nos casos do Casa Bonita e Espaço Catetinho. Aí o que vale é nossa esperteza de noiva. Porque vocês sabem que quando a gente pesquisa casamento, a gente vira praticamente aquele economista do Fantástico,  Luis Carlos Ewald, né?

Enfim, também tenho uma certa queda pelo Clube do Exército, porque conheço um sócio de lá e o precinho seria bem bacana. O problema é que o buffet de lá é exclusivo, Adriana Buffet (cof cof!), não só meio salgado, como polêmico também, dos comentários que vi, é algo como “Adriana Buffet: Ame ou Odeie”. Me pergunto: “Será que vale a pena fazer lá e correr atrás de tudo? Será que não vai sair bem mais caro? Será que vou dar conta de supervisionar tudo?”

E vocês noivinhas, compartilham desse sentimento pensamento? Eis a questão!

O início da saga

21 out

Como a maioria das noivas estou vendo com antecipação aquilo que considero mais importante: Igreja, Salão de festa, buffet e fotografia. No momento, estou pesquisando muuuuuuito (e bota u nisso) salões e buffet. Já recebi orçamentos de diversos salões, mas visitar, visitar mesmo, só alguns. Estive no La Provence, Contemporâneo Park e Contemporâneo House.

La Provence: Quem me atendeu no La Provence foi… Ninguém hehehe. Na verdade, a culpa foi nossa, chegamos depois do horário comercial e não tinha mais ninguém lá. O salão estava aberto, em reforma, tinha só o pessoal da obra. Deu pra perceber que é um espaço bem amplo e dá pra fazer muito coisa ali. Mas, por causa da reforma, tava tudo meio indefinido ainda. Também ficamos em dúvida com relação ao estacionamento, tem um espaço muito pequenininho cheio de brita lá na frente e não conseguimos avistar nenhum outro estacionamento, se for só aquele é muito pouco =\. Soube do La Provence no Fest Noivas, a moça que me atendeu foi muito atenciosa. Me mostrou tudo direitinho, explicou como funcionava o salão, buffet (próprio) e decoração (de muito bom gosto), prometeu que iria me mandar o orçamente e mandou. Enfim, ainda não cortamos o La Provence totalmente da nossa lista, eu e o Pedro pretendemos voltar lá (a reforma já deve ter acabado) e assim que visitar de novo, dou um novo parecer, hahaha.


Contemporâneo Park: Quem nos atendeu no Contemporâneo Park foi uma das  donas. Fomos de hora marcada (bem melhor). Conheci o Contemporâneo Park lá no Fest Noivas também. O Salão estava sendo decorado para um casamento que aconteceria logo mais, estava tudo muuuuuito lindo, o decorador parecia ótimo (indicação deles, é só perguntar). A dona (que vergonha! não lembro o nome dela) foi super atenciosa!  Apesar de estar toda atarefada, ela fez questão de nos mostrar tudo, explicar tim tim por tim  tim. Ficamos encantados. Tanto a área externa quanto a interna são lindas. Mas ficamos com a sensação de que ele é muito pequenininho, a pista de dança parecia pequena também, ficamos com medo de nossos convidados ficarem sem espaço (e olha que só temos 200), mas talvez seja só impressão mesmo. Achamos o preço meio salgado pro tamanho. Além disso, o salão vem seco, ou seja, sem nenhuma mobília. Depois fomos atendidas pela Elda, gerente de eventos, que também foi super atenciosa, ela explicou que o buffet de lá é exclusivo, Coffee Break, eu não conheço, nunca ouvi nada bom ou ruim, mas nem chegamos a pesquisar mais sobre porque desanimamos com o tamanho e com o preço. Mas para quem tem um orçamento beeeem folgado, quer um casamento intimista, ao ar livre, principalmente, e com poucos convidados é um lugar ideal.

Contemporâneo House: Então, tenho uma relação de amor e ódio com o Contemporâneo House (veia dramática vindo à tona). Também fiquei sabendo pelo Fest Noivas e, naquele dia, a pessoa quem nos atendeu lá e no próprio salão, foi super gente fina. Explicou tudo direitinho, me deixou babando mesmo, morrendo de curiosidade de conhecer! Fiquei atraída por ser um salão que fechava TUDO: buffet, DJ, decoração.. etc etc. Mandei um e-mail marcando uma visita e ele disse que eu poderia aparecer a hora que quisesse (estranho). Quando meu noivo veio pra me visitar, decidimos aparecer lá no sábado à tarde. Como esperado, estavam organizando uma festa e estavam TODOS muito ocupados. Quem tia me atendido no fest noivas não estava e a moça responsável disse que não poderia nos atender e nos passou para um rapaz que cuidava da Fun House, casa de festas de criança, (oi?). Então tá, né… Tadinho, ele fez o maior esforço, mas não estava por dentro de muita coisa, tudo era “Ahm, mas tenho que confirmar, tá?”. Ok, entre trancos e barrancos, conseguimos o orçamento. Mas, além de tudo isso, achamos o salão sujo!!! O Pedro até falou quando entramos “Nossa, tá em reforma?”. Poxa, a poucas horas da festa e aquela sujeira! Ficamos com o pé atrás, mas decidi não desistir. Voltei lá de novo e falei com o próprio que tinha nos atendido. Ele parecia com pressa, nos atendeu meio impaciente e parecia não estar muito disposto a explicar tudo. De  novo: o Salão estava MUITO SUJO, tudo bem que era uma terça-feira, mas poxa, não deu tempo de limpar desde a festa de domingo? Além disso, analisamos bem o orçamento e percebemos que o “inclui tudo”, não era bem TUDO, é tudo do mais básico, se quiser algo com mais requinte tem que pagar bem a mais. Achamos o preço muito salgado para, se quisermos algo melhor, ter que pagar mais. Conclusão, se vc está com preguiça de pesquisar, quer tudo em um só lugar e não se importa com o preço, faça sua festa lá, mas fique no pé quando o assunto é limpeza. Mesmo assim, não deixa de ser uma boa opção. =)

Bem, assim que visitar os outros salões posto tudinho aqui.

Próximos destinos:

Espaço Casa Bonita – Taguatinga DF

Espaço Catetinho – CAUB

Espaço Renascença – Park way

Supremum Event Center – Águas Claras

Clube do Exército – Lago

E começa a saga…

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.